NO AR AGORA

AutoDJ

E-mail

panoramafmrj@gmail.com

NOTÍCIAS

Carteira de Identidade: Detran-RJ passa a emitir o novo modelo do RG para todas as idades; saiba como







Carteira de Identidade Nacional — Foto: Divulgação / Governo Federal

Carteira de Identidade Nacional — Foto: Divulgação / Governo Federal

O Detran-RJ passará a produzir o novo modelo da Carteira de Identidade Nacional (CIN), o antigo Registro Geral (RG), para cidadãos de todas as idades a partir da próxima terça-feira (2). A partir de 2032, a CIN será obrigatória em todo o território nacional.

O documento foi desenvolvido para dificultar fraudes e tem o CPF como único número de identificação. A primeira via da CIN é isenta do pagamento de taxas ou Duda (Documento Único do Detran de Arrecadação).

Desde janeiro de 2023, o Detran está fazendo a emissão escalonada do documento por idade. Até o momento, já foram produzidas 659.283 carteiras no estado.

Saiba como emitir sua carteira

O cidadão que for tirar sua nova Carteira de Identidade Nacional vai precisar levar os seguintes documentos:

  • Certidão de nascimento;
  • e o número de inscrição do CPF

Quem não tiver CPF pode tirar o documento pelo site da Receita Federal ou em unidades conveniadas como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Correios e cartórios de Registro Civil.

Além de elementos gráficos que dificultam a falsificação, a CIN tem um código internacional utilizado em passaportes, chamado MRZ (Zona Legível por Máquina na tradução do inglês), que facilita o uso da identidade como documento de viagem, sendo lido em terminais de autoatendimento nos aeroportos.

"A CIN possui um QR Code que possibilita verificar a autenticidade do documento, bem como saber se ele foi furtado, clonado ou extraviado. A partir de segunda-feira, usuários de todas as idades poderão requerer o novo documento de identificação, que evita a duplicidade de registros e dificulta fraudes", comentou o presidente do Detran-RJ, Glaucio Paz.

Veja perguntas e respostas sobre o novo documento

A nova CNI é obrigatória?

Sim. A antiga carteira de identidade ainda não perdeu a validade, mas só será aceita até 28 de fevereiro de 2032.

O que muda com a nova identidade?

A Carteira de Identidade Nacional segue o disposto na Lei nº 14.534/2023, sancionada pelo presidente Lula, que determina o CPF como número único e suficiente para identificação do cidadão nos bancos de dados de serviços públicos.

Antes, cada cidadão poderia ter até 27 RGs diferentes, um por unidade da federação. Com a implementação da nova identidade, o brasileiro passa a adotar apenas o CPF como número identificador.

Qual motivo da unificação entre RG e CPF?

Com a nova identidade, a probabilidade de fraudes é menor, visto que antes era possível que a mesma pessoa tivesse um número de RG por estado, além do CPF. Com a CIN, o cidadão passa a ter um número de identificação apenas.

A nova carteira apresenta ainda um QR Code, que permite verificar a autenticidade do documento, bem como saber se foi furtado ou extraviado, por meio de qualquer smartphone. Conta ainda com um código de padrão internacional chamado MRZ, o mesmo utilizado em passaportes.




Fale Conosco

panoramafmrj@gmail.com

Receba Informações

Rádio Online Copyright 2024. Todos os direitos reservados.
Politica de Privacidade